Sexta-feira, 16 de Janeiro de 2009

" " QUANTO TEMPO SERÁ PRECISO? " "

 

Quero-te na incerteza de não te querer

olho para ti como um cego que não quer ver.

Trocamos suspiros entre olhares

mas será que tens tempo para me Amares?

 

Ajuda é o que tu me pedes

mas nem um centímetro tu cedes.

Tento ao máximo compreender-te

e nem em sonhos perder-te.

 

Seria tipo uma catástrofe

ires embora sem uma apóstrofe.

 

Mas falas nas entrelinhas

e o que a mim me parece

é que tua vontade é de não ficar sozinha

mas existe um medo que nunca se esquece.

 

Afinal diz-me de que tens medo?

 

Parece guardares contigo um segredo

tão profundo como o mar...

 

do tipo...que a ninguém queres revelar.

 

Mas...

 

o que é preciso para te fazer mudar?

 

 

sinto-me: foi-se embora
música: " tipo ... quem me leva os meus Fantasmas... "
tags:
publicado por barbeiropoeta às 22:47
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Julho 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. " Estranhas fases de vid...

. " " CORAÇÃO MIRANDELENSE...

. " " SAUDADES DE CASA " "

. " PORQUE TE ESCONDES "

. " " QUANTO TEMPO SERÁ PR...

. " QUERIA-TE A MEU LADO "...

. " " DE VAN GOGH " "

. " " O QUE EU MEREÇO, MAI...

. " " O ALÍVIO " "

. " AFLIÇÃO "

.arquivos

. Julho 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds