Quarta-feira, 30 de Abril de 2008

" DEDICATÓRIA A UMA AMIGA EM FIM DE CURSO;QUEIMA DAS FITAS "

Por fim chegou a hora

das minhas fitas eu queimar

que ao fim de tanta demora

5 anos por aí fora

os meus estudos vou honrar

 

Depois do esforço

vem a recompensa

e como toda a gente pensa

pondo tudo num esboço

sai-se deste poço

que foi fazer tanta frequência

 

 

Ciências farmacêuticas

receitas terapêuticas

chegou agora o tempo

do maior prolongamento

 

A  fase de estagiar

por em prática no dia a dia

tudo o que na universidade aprendia

pois tanto tive que estudar

 

 

Mas foi bom este percurso

acabar com êxito o meu curso

que pareceu maior que um urso

 

Espero que guardes para sempre

esta minha dedicatória

e que ao longo de tua história

nunca se apague da tua memória

 

PARABÉNS DESTE TEU AMIGO

sinto-me:
publicado por barbeiropoeta às 03:40
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Sexta-feira, 25 de Abril de 2008

" " INSPIRAÇÃO DE ÚLTIMA HORA " "

Se há sonho que eu sonhei

é este de última hora.

Porque contigo fiquei

e nunca mais nos fomos embora.

 

Sonho contigo noite e dia

Vejo em ti o meu sol,

que me põe a cabeça como um caracol

e nem assim te perdia.

 

A minha inspiração é uma  Princesa

que ao ver eu tanta Beleza

te tiraria da profundeza

de tamanha confusão e incerteza.

 

Gosto mesmo de Ti 

desde o primeiro dia que te vi

pois logo meu coração palpitou

e desde então

esse mesmo coração

nunca mais te largou.

 

Se eu contigo ficar

prometo não mais te largar.

Prometo até ao fim do tempo

trazer-te  no meu pensamento

que nunca deixarei de te AMAR...

 

Agora vou dormir.

Sem  pensar  que  amanhã

eu não possa conseguir

te apanhar em mais um luar.

Não te poder encontrar

sem te fazer sentir

Que por toda a minha vida eu vou te AMAR

e em cada despedida eu vou te AMAR

 

 

sinto-me: \ COMO É BOM AMAR /
música: " I will allways love You "
publicado por barbeiropoeta às 03:32
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Segunda-feira, 21 de Abril de 2008

"VONTADE DE SABER VIVER"

Como gostava de saber escrever

Conseguir passar através da escrita

tudo o que a vida me dita

e seus sinais saber entender.

 

A vida bem me explica

a maneira de eu lutar.

mas nem sempre se aplica

o saber ser e saber estar.

 

As pedras que se põem no nosso caminho

não as devemos afastar.

Já dizia o famoso Poeta Pessoa,

que com essas pedras

um castelo havia de construir

para lá poder morar.

 

Gostava de ter essa força

que tantos outros conseguem ter.

de passar por uma poça,

sem nela os pés meter.

 

Sempre que isso acontece

o meu interior se aborrece,

e é como uma avalanche

que quanto mais desce

maior se torna,

e mais a minha vida se esmorece.

 

Saber como evitar devaneio tal

é por vezes conseguir dizer

que a vida não está bem nem mal

porque assim Deus quer

que a vida corra assim tal e qual.

 

É por vezes saber dizer sim

mas outras dizer não

saber dizer ao coração

que as coisas têm sempre um fim.

 

Nada é para sempre

isso temos de saber encarar

a vida não pode parar

é preciso seguir sempre em frente

porque atrás de nós vem gente.

 

O Amor nunca vem aos poucos

e a Verdade está sempre onde existe a

por isso é preciso saber ficar de pé

e nunca pensarmos que estamos a ficar loucos.

 

Conseguir avançar sem hesitação

procurar bem no fundo do coração

a melhor maneira de Amar.

 

Amar sem sequer  pensar.

porque no pensamento

se começa  a ter medo

de tão nobre sentimento

a que chamamos Amor.

 

Ama incondicionalmente

faz uso da tua mente.

Ama sem pensar que vais receber

que os outros te vão entender

e assim vais perceber

como teu coração se sente.

 

 

 

                                          "O Amor nunca afastou ninguém dos seus Sonhos"   

 

 

 

                                                                                                                                            

sinto-me:
publicado por barbeiropoeta às 19:43
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Sexta-feira, 18 de Abril de 2008

A MINHA PRIMEIRA VEZ

Se eu fosse dor

me apagaria da tua memória

te daria outra história

onde só existisse amor...

sinto-me: ansioso
publicado por barbeiropoeta às 18:44
link do post | comentar | favorito

CHEGUEI À BLOGOSFERA

Aguardem-me...
sinto-me:
publicado por barbeiropoeta às 18:40
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Julho 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. " Estranhas fases de vid...

. " " CORAÇÃO MIRANDELENSE...

. " " SAUDADES DE CASA " "

. " PORQUE TE ESCONDES "

. " " QUANTO TEMPO SERÁ PR...

. " QUERIA-TE A MEU LADO "...

. " " DE VAN GOGH " "

. " " O QUE EU MEREÇO, MAI...

. " " O ALÍVIO " "

. " AFLIÇÃO "

.arquivos

. Julho 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds