Domingo, 5 de Julho de 2009

" Estranhas fases de vida "

 

Que bem eu comecei

e pensando que tudo seria facil

não é que tropecei!

 

Acreditei em facilitismos

por pensar de forma errada

tinha o Rei na barriga

mas enganei-me na estrada.

 

E mais uma vez errei.

 

Mas tudo na vida tem um propósito

errei mas agora corrijo

atesto novamente o depósito

e para o meu destino me dirijo.

 

Preciso novamente de abrir os olhos

e arranjar coragem aos molhos

enfrentar de novo a vida

e pensar que ainda vou na subida.

 

Penso de novo ter encontrado

o meu ponto de equilibrío

até podia estar enterrado

por aí em qualquer prado

mas volto a encontrá-lo com brío.

 

Penso que me resta uma oportunidade

de levar a vida com vontade

e assumir esta minha responsabilidade.

 

A vida chama por mim

e a de meu pai também

e ele melhor do que ninguém

que viu sua vida perto do fim

 

me tem dito o que fazer

como devo proceder

para levar a vida a Bem.

 

Sempre me falou calmamente

e assim o continua a fazer.

 

Que bem me sinto

por esta fase ter ultrapassado.

 

 

 

 

 

 

sinto-me:
tags: ,
publicado por barbeiropoeta às 04:24
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 9 de Abril de 2009

" " CORAÇÃO MIRANDELENSE " "

 

Nasci em solo Francês

por ser filho de emigrantes

mas meu coração

esse já era português.

 

Talvez dita-se meu destino

que viria para Mirandela

vim para cá bem pequenino

para esta cidade tão bela.

 

Pelo rio tua banhada

que espelha toda sua beleza

talvez obra da natureza

mas decerto por Deus criada.

 

Chegou agora a primavera

e as flores começaram a florir

começou o sol a sorrir

 

e eu desta terra

não mais quero sair.

 

Muitas vezes eu tentei

viver em outro lugar

mas sempre regressei

e dela não me consigo afastar.

 

ès a capital do nordeste

és a nossa terra quente

acolhes bem toda a gente

já comigo assim o fizeste

 

e uma cidade como esta

jamais alguém esquece...

sinto-me:
música: ! oh mirandela..
tags:
publicado por barbeiropoeta às 23:29
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Quarta-feira, 18 de Março de 2009

" " SAUDADES DE CASA " "

 

Não fui eu que te encontrei

mas quem te viu

me conhecia.

 

Esse alguém logo pressentiu

desde o primeiro dia

que essa casa seria

para mim

aquilo que eu idealizei.

 

Foram tantos os dias

que dentro de ti passei.

 

Não só de mim fizeste parte

e eu

 

eu queria ver-te como arte.

 

Dentro de ti vivi

o melhor e o pior

e hoje simplesmente te recordo

como o frio e o calor.

 

Por vezes ainda acordo

pensando que poderias ser

para sempre

o meu ninho de Amor.

 

Agora o dia chegou

de por algum tempo

para dentro de ti voltar.

 

Como será regressar?

 

Reviver todo esse sentimento

que meu coração não aguentou.

 

Sei que vou conseguir

dentro de ti voltar a dormir

 porque lá bem no fundo

aprendi contudo

que não seria o fim do mundo.

 

Ainda bem que dentro de mim te guardo

deixas-te de ser um fardo

pesado de carregar.

 

Fazes sim parte da história

que jamais alguém

conseguirá apagar.

 

Tenho saudades tuas...

 

será que tens minhas?

sinto-me:
música: "saudade"
publicado por barbeiropoeta às 01:23
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 10 de Fevereiro de 2009

" PORQUE TE ESCONDES "

 

Nos recônditos do Amor

minha Princesa se esconde.

Sinto-me a perder o fulgor

 

só porque esse Amor não me corresponde.

 

Que devo eu fazer?

 

Esperar que algo deva acontecer?

 

Sinceramente...

o que me falta neste momento

é esse tal sentimento.

 

aquele que me faz feliz,

e sempre a minha mãe me diz

apaixona-te sem arrependimento.

 

Mas neste momento

o que trago no pensamento

nada tem a ver.

 

Espero sim pelo dia

para isso tudo acontecer.

 

Mas mesmo assim esse sentimento

teima em se esconder.

 

Meu Deus

que devo eu fazer?

sinto-me:
música: " whiskey bar "
publicado por barbeiropoeta às 00:43
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Sexta-feira, 16 de Janeiro de 2009

" " QUANTO TEMPO SERÁ PRECISO? " "

 

Quero-te na incerteza de não te querer

olho para ti como um cego que não quer ver.

Trocamos suspiros entre olhares

mas será que tens tempo para me Amares?

 

Ajuda é o que tu me pedes

mas nem um centímetro tu cedes.

Tento ao máximo compreender-te

e nem em sonhos perder-te.

 

Seria tipo uma catástrofe

ires embora sem uma apóstrofe.

 

Mas falas nas entrelinhas

e o que a mim me parece

é que tua vontade é de não ficar sozinha

mas existe um medo que nunca se esquece.

 

Afinal diz-me de que tens medo?

 

Parece guardares contigo um segredo

tão profundo como o mar...

 

do tipo...que a ninguém queres revelar.

 

Mas...

 

o que é preciso para te fazer mudar?

 

 

sinto-me: foi-se embora
música: " tipo ... quem me leva os meus Fantasmas... "
tags:
publicado por barbeiropoeta às 22:47
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 1 de Dezembro de 2008

" QUERIA-TE A MEU LADO " "

 

Tão perto e tão longe.

 

Mas se fosse um monge

nem teu rosto veria.

 

E a distância não permitiria

que um dia te conhece-se

 

Mas ainda bem que o destino acontece.

 

 

Muitos destes momentos eu quero,

e nem por isso desespero.

 

Vou sentar-me numa poltrona

esperando que sejas minha dona.

 

Poderei ser doce como o mel

amargo como um limão,

mas digo-te que meu coração

palpita como o de um Leão.

 

Dizes-me ter medo

mas vou dizer-te um segredo.

 

Tudo na vida são obstáculos

e por vezes nós próprios os criamos

mas fazem parte dos espectáculos

até daqueles que não gostamos.

 

E não é essa minha intenção,

é sim fazer crescer em teu coração

uma vontade de Amar.

 

Amar sem pensar...

porque só assim te poderás desprender

desse teu sentimento

 

e sem qualquer arrependimento..

 

Desprende-te de qualquer sentimento...

E agarra este momento.

 

Pois eu já não sei o que faça

e tudo na vida passa...

 

 

sinto-me: nem sei como me hei-de semtir
música: " live and let die
publicado por barbeiropoeta às 21:00
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Quarta-feira, 26 de Novembro de 2008

" " DE VAN GOGH " "

 

 

I have put my heart and my soul into my work,

and have lost my mind in the process.

publicado por barbeiropoeta às 13:57
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 25 de Novembro de 2008

" " O QUE EU MEREÇO, MAIS NÃO PEÇO " "

 

Se a vida fosse sempre assim

parecendo não ter fim.

 

Curtir todo o momento

e sempre sem parar

mas trazer no pensamento

que não devemos abusar.

 

Bela fase de vida esta

até parece um cabaz de natal.

Todos os dias em festa

 

ai se a vida corre-se sempre tal e qual.

 

Mas gosto deste meu sucesso

e o que a DEUS eu peço

é que não descarrile

até posso andar a mais de mil

mas terei assim aquilo que mereço.

 

Se na vida não tivesse tido

tantos desenganos

já teria à muitos anos

o meu objectivo conseguido.

 

Mas nada acontece ao acaso

tudo tem um motivo de ser.

 

E eu ainda tenho muito para Amadurecer.

 

 

sinto-me: cada vez melhor
música: " Estrela do mar "
publicado por barbeiropoeta às 16:07
link do post | comentar | favorito

" " O ALÍVIO " "

 

Vem aí uma nova era

já bem perto da primavera.

 

É este meu grande sonho

que antes parecia do tamanho de um medronho

mas agora tá a tornar-se realidade.

 

Como destes tempos tinha saudade.

 

Por fim abri o salão

e é todos os dias a subir de escalão.

 

As pessoas diariamente vão aparecendo

mesmo que haja alguém dizendo

que não o vou merecendo...

 

mas aos poucos os vou vencendo.

 

Mas estejam esses conscientes

todas essas pequenas mentes

que esta etapa vou conseguir

e estou prestes a concluir.

 

Sinto-me de novo aliviado

deixei de estar amargurado

simplesmente porque pus

para trás o meu passado.

 

Por fim fez-se LUZ.

sinto-me: altamente
música: "" let the sunshine in ""
publicado por barbeiropoeta às 01:46
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Quinta-feira, 2 de Outubro de 2008

" AFLIÇÃO "

   Começo a sentir-me aflito

por não conseguir escrever;

  

Trago dentro de mim um conflito.

 

Mas como eu não desisto

   e sempre persisto

vou tentá-lo resolver.

 

   Todas as manhãs me levanto

e qual é o meu espanto

   Que todos os dias acordo

e nem sempre me recordo

   Do que tenho para resolver.

 

   Mas sem me aperceber

alguém está do meu lado

   querendo-me fazer ver

que antes o presente

   que o passado.

 

   Fui por vezes mal julgado

e ainda o contínuo a ser.

 

   Tudo fruto desse meu passado... 

 

ai como é pesado este fardo.

 

Querem-me ver crescer

    mas nem por isso sabem

como esperar para ver.

 

Talvez um pouco confuso

que visto de um ângulo obtuso

pareço cair como um parafuso.

 

Mas quem me conhece  bem

sabe o que eu tenho conseguido

tenho por aí muito amigo

que me tratam sempre como a ninguém.

 

Mas mesmo assim sinto

essa grande aflição.

 

Ai meu Deus!!!

 

Ajuda-me a abrir esse salão.

 

Tido íria resolver.

 

sinto-me: com pouca força
música: "been damed and confused " Led Zepelin "
tags:
publicado por barbeiropoeta às 01:14
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Julho 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. " Estranhas fases de vid...

. " " CORAÇÃO MIRANDELENSE...

. " " SAUDADES DE CASA " "

. " PORQUE TE ESCONDES "

. " " QUANTO TEMPO SERÁ PR...

. " QUERIA-TE A MEU LADO "...

. " " DE VAN GOGH " "

. " " O QUE EU MEREÇO, MAI...

. " " O ALÍVIO " "

. " AFLIÇÃO "

.arquivos

. Julho 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds